Tag: como arrumar uma casa pequena

Sala de jantar organizada

Vocês viram o tour pela sala que eu gravei? Foi em julho e ela continua exatamente do mesmo jeito, ainda bem simples e com poucos móveis. Temos basicamente sofá, rack, mesa, cadeiras, e alguns poucos itens de decoração. Estou guardando várias fotos de inspiração porque quero fazer uma decoração legal na sala! Pretendo juntar o dinheiro para colocar um revestimento diferente em uma das paredes e comprar ou mandar fazer um buffet.

Já posicionei a mesa e o lustre de uma forma que sobrasse espaço para um móvel na parede da porta de entrada. Quero ter um buffet para guardar taças e louças de servir. Ele também vai ser o nosso bar e o cantinho da cafeteira. Vai ser especialmente útil como apoio para comidas e bebidas quando eu receber visitas. Em vez de servir tudo na mesa, que não é muito grande, eu posso dispôr as travessas no buffet e cada um se serve. Fazia isso na casa dos meus pais e facilita muito a vida! Se for uma noite de petiscos, posso usar todo o buffet como apoio para bebidas, copos e guardanapos. De todo jeito, é um móvel importante para a sala!

Penso em mandar fazer um modelo bem reto, sem puxadores, e que fique preso à parede (sem pés). Mas ainda estou na dúvida! Não fiz nenhum orçamento, quero definir o desenho antes de ir atrás disso. Juntei as imagens que estou guardando de referência com outras tiradas do perfil da Mobly no Pinterest. Gosto muito de seguir o perfil deles, sempre encontro boas ideias. E se você ainda não me acompanha no Pinterest, entra lá! Compartilho várias fotos lindas de decoração, receitas, festas e organização.

8fa35966c55e9fa105320f188e3ea50d

e5e8d9054db512d033dfbc6f415e482c 2ec6e337afe584604fb754b0d223e174 1cd31051a3adc5a6121778f4466f4ede

4df34498f6d2280654048496e96fff06

bece514674e28132d324c6b8e1e5b3fd

O preferido para a minha sala de jantar é o azul da penúltima foto. Ele é preso na parede e não tem pés, o que facilita muito a limpeza. Não precisa ficar arrastando na hora de passar vassoura e pano. Por outro lado, eu perderia um pouco de espaço porque ele é menor que os outros. Estou na maior dúvida, mas aviso vocês quando decidir 🙂

Beijos!

Como manter a organização da casa

A principal dificuldade da maioria das pessoas que quer colocar a casa em ordem não é o processo de organização da casa, mas sim a manutenção daquilo tudo. Você vai precisar de tempo e esforço para esvaziar os armários e encontrar um lugar para cada coisa, mas o trabalho pesado fica para as próximas semanas. Depois que a organização está pronta e sua casa parece “de revista”, começam a aparecer aquelas meias espalhadas pelo chão, embalagens vazias de biscoito na sala e muitas roupas misturadas no armário.

Como evitar que a bagunça tome conta da sua casa logo depois da arrumação? Já vivi isso em vários momentos da vida, após tentativas falhas de organizar a minha vida. Demorei a entender o que realmente funcionaria para mim. Esses dias recebi um comentário de uma leitora na mesma situação: ela adora organizar, mas tem dificuldade em manter. Coloquei no papel algumas dicas que deram resultado para mim e quero conversar com vocês sobre elas.

organização-da-casa

Não deixe acumular, arrume com frequência
Em 15 minutos você consegue dar uma geral rápida na casa: guardar objetos que estão fora do lugar, jogar fora panfletos e recibos, guardar os sapatos deixados na entrada, levar copos usados para a cozinha, etc. Separe um tempo todos os dias para essas atividades mais simples e a bagunça não vai se acumular como antes. Uma dica valiosa que aprendi no blog Vida Organizada é: sempre que sair de um cômodo, leve algo que não pertence a ele. Exemplo: saindo da sala, pego um casaco que estava apoiado na cadeira da mesa de jantar e guardo no armário.

Não dá para organizar lixo/tralha
Essa eu demorei a entender, mas hoje é essencial na minha vida. Não tem como organizar objetos sem utilidade que deveriam ser doados ou ir para o lixo. Você pode esconder tudo em uma caixa, mas um dia a bagunça estará lá te esperando. Não vale a pena ocupar espaço com coisas que não fazem mais sentido na sua vida. Se for para deixar aquela coleção de revistas juntando poeira na estante, é melhor dar para alguém que faça algo útil com ela, concordam?

Defina um lugar para cada objeto
Essa evita um dos piores problemas da desordem: perder as coisas dentro de casa. Eu só aceito que algo está “perdido” quando ele saiu de casa e não voltou. Quando saio com um guarda-chuva e ele fica no banco do metrô, digamos. Se o objeto nunca saiu de casa, preciso saber onde ele está. Para isso, cada coisa deve ter seu lugar. Eu tenho cestinhos para cabos e eletrônicos, outro para temperos, maquiagens, e muito mais. Sério, gente. Nada é mais chato do que procurar a carteira desesperadamente antes de sair de casa. Defina um lugar para cada objeto e acostume a deixá-lo sempre por lá. Isso vai ajudar muito na organização da casa.

Guarde assim que terminar de usar
Depois que eu adquiri o hábito de guardar as coisas logo após o uso, o acúmulo de tralha diminuiu muito. Antes era assim: eu ia fazer as unhas e deixava os esmaltes espalhados a semana toda. Claro que um se perdia, outro quebrava, e tudo mais. Hoje sei que minha rotina fica muito mais fácil se tudo voltar ao local de origem. Assim, você não tem bagunça e sempre sabe onde as coisas estão.

organização-da-casa

Evite superfícies horizontais em excesso
A bancada da cozinha é o lugar perfeito para deixar as compras do mercado, certo? Você chega em casa cansada, larga as sacolas ali, tira o que é de geladeira e vai deixando o resto por dias e dias. Quem nunca? Superfícies horizontais imploram por uma baguncinha. Aquele móvel perto da entrada de casa pede que você largue as chaves, o celular, a correspondência, o casaco e o que mais vier da rua. O rack da televisão é ideal para deixar alguns copos sujos e o balde de pipoca da noite passada. É impossível tirar todos os móveis de casa, mas tente reduzir as superfícies que facilitam o acúmulo de tralha. Por falta de espaço, eu não tenho mesa de centro na sala, então sou obrigada a recolher toda a bagunça que faço no sofá assim que levanto. É só um exemplo de como você pode melhorar a organização da casa.

Resolva na hora
Temos o costume de acumular roupas e outros objetos que precisam de alguma “ação” antes de ficarem prontos para uso. Pregar um botão, mandar ajustar, tingir, passar ou qualquer coisa que esteja atrapalhando deve ser resolvida logo. Eu mesma já deixei roupas paradas por meses esperando o dia de ir na costureira fazer um ajuste. Hoje tento resolver essas pendências o mais rápido possível. Gosto de guardar a roupa assim que ela sai do varal para evitar o acúmulo no cesto. Faço o mesmo com a louça que sai da máquina e com as compras do mercado: guardo tudo na mesma hora, não deixo para depois. Então separe o que deve ir para a lavanderia ou para a costureira e resolva o que precisa ser feito na sua casa.

Nem sempre conseguimos manter a organização da casa 100% o tempo todo. Esses dias mostrei no snapchat (me segue por lá: elisalangsch) um dia em que a minha sala estava de cabeça para baixo. De terça a quinta, passamos pouquíssimo tempo em casa e a bagunça toma conta. Eu arrumo alguma coisa pela manhã e acabo priorizando a cozinha, então a sala fica de lado. Quando chega a noite de quinta-feira, aproveitamos o tempo livre para tirar a tralha, passar o aspirador e um pano. Como cada coisa tem seu lugar, é fácil retomar a organização e não temos aquela impressão de que perdemos o controle, sabe? Então não desanime se sua casa não é como a de uma revista o tempo todo. A de ninguém é assim. O importante, na minha opinião, é saber que em alguns minutos é possível colocar tudo em seu lugar e a casa continuará organizada.

Beijos!

Como organizar guarda-roupa | Marie Kondo

A japonesa Marie Kondo, autora do livro “A mágica da arrumação”, tem dicas valiosas para o destralhe e a organização da casa. Ela desenvolveu um método próprio, o KonMari, e apresenta soluções para todos os objetos da casa. Eu selecionei as principais dicas de organização do guarda-roupa, já que esse espaço tem uma facilidade enorme de ficar bagunçado.

Se você quiser saber mais sobre o livro, dá uma olhada na resenha que eu fiz aqui no blog. Recomendo muito a leitura! E se você quiser conhecer as dicas específicas de como organizar guarda-roupa, é só conferir o vídeo que postei hoje no canal. Aproveite para se inscrever no canal 🙂 Os vídeos sempre aparecem lá mais cedo.

Clique na imagem para assistir ao vídeo:

como-organizar-guarda-roupa

Aproveitando a ideia que a Rose Alves deixou lá no canal, vou mostrar melhor como é a organização do meu guarda roupa. Guardo as blusas na vertical, e não empilhadas, como indica Marie Kondo. As blusas de frio ficam enroladas e guardadas no fundo da gaveta, já que uso pouquíssimo.

como-organizar-guarda-roupa

como-organizar-guarda-roupa

como-organizar-guarda-roupa

Como explico no vídeo, comprei todos os cabides iguais para organizar melhor o guarda-roupa. Comprei em caixas com 50 unidades no Sam’s Club. Não lembro o preço exato, mas foi perto de R$ 80. Ficou assim:

como-organizar-guarda-roupa

Engraçado ver foto do meu guarda-roupa! Olho pra ele todos os dias e nunca tinha reparado que uso basicamente as mesmas cores: branco, rosa, azul e preto. Gostei do exercício 🙂

Beijos!

Tipos de bagunça

Uma coisa eu aprendi nessa fase de destralhe e organização da casa: ninguém escapa da bagunça. Mesmo a pessoa mais organizada do mundo tem seus pontos fracos e, uma hora ou outra, vai encontrar bagunça em algum canto. Já sofri com todo tipo de tralha em casa, mas alguns tipos de bagunça são clássicos por aqui!

Falei no vídeo de hoje sobre oito tipos de bagunça que sempre aparecem na minha vida. Tenho certeza que você vai se identificar com algum deles! E se eu tiver esquecido alguma bagunça comum na sua casa, me conte nos comentários. Quem sabe aumentamos essa lista? 🙂

Se você ainda não é inscrito no canal, clique aqui. Você vai receber os vídeos assim que eles forem ao ar.

Beijos!

Guardar ou doar? Guia para o destralhe

Esses dias o blog Vida Organizada compartilhou no Facebook uma ilustração para ajudar quem precisa destralhar o armário. A imagem foi publicada pela página do governo do Rio Grande do Sul e dá orientações para acabar com a clássica dúvida: será que eu guardo ou não?

como-arrumar-casa-pequena-destralhe

Sabe quando você separa algumas peças para venda/doação, mas não consegue se decidir sobre a pilha do “talvez”? Pegue cada roupa e faça as perguntas na ordem sugerida na imagem. Eu pularia a primeira pergunta, sobre “razões sentimentais”. Não acho que esse seja um bom motivo para guardar nada.

Vá direto para a parte objetiva. Está rasgada ou estragada? Ainda te serve? Pretende usar alguma vez? Se a peça estiver em mau estado, não adianta doar, é lixo. Abro uma exceção para moletons, toalhas e outras peças que possam ser usadas por instituições que cuidam de cachorros abandonados. Eles aproveitam de tudo para forrar as caminhas dos bichos. Já doei pano de prato, edredon velho, etc. É uma maneira linda de usar materiais que iriam para o lixo.

Também vou discordar do item “presente de alguém importante”. Sei que é difícil doar presentes, especialmente aqueles dados por pessoas que fazem questão de te ver usando a roupa. Mas não vejo sentido em deixar a roupa parada no armário sendo que alguém poderia ser feliz com ela.

Isso de ser caro ou não também é complicado. Mesmo que você tenha desembolsado uma grana por aquela roupa, ela não vale nada no fundo da gaveta. É melhor recuperar parte do dinheiro vendendo a peça do que abandoná-la. Aí sim vai ser um desperdício! A internet tem várias ferramentas interessantes para venda: o próprio Facebook, o Enjoei e o Tradr.

Beijos!

Cabides decorados – Projeto DIY

Cansou de ver um cabide de cada cor no armário? Decorar cabides comuns é uma maneira fácil e barata de padronizar seu guarda-roupa. Você só precisa de um tecido bonito e um pouco de paciência :). Outra vantagem do tecido é que ele deixa o cabide menos escorregadio. Quem costuma pendurar blusa de alcinha sabe como é chato quando elas escorregam do cabide de plástico.

cabides-decorados-diy

Também pensei nesse projeto para quem tem filhos ou está esperando um novo bebê. Imagina que fofura decorar os cabides com um tecido que combine com o tema do quarto? Fofo! Hoje em dia as lojas têm uma infinidade de estampas em tecido de algodão. Eu usei chita, uma opção muito barata. Paguei menos de R$ 10 no metro e usei só algumas tirinhas para esses cabides decorados.

Vamos ao projeto! Separe um cabide de plástico comum, tecido e tesoura. Eu usei cola quente para grudar o tecido e deu muito certo. Existem colas apropriadas para algodão, pode usar a que preferir.

cabides-decorados-chita

Cortei tirinhas de 2cm de largura para fazer os cabides decorados. Comecei pelo gancho: colei o início da tira de tecido com cola quente e fui enrolando. Você só precisa passar a cola no começo e no final de cada tira.

cabides-decorados

Vá enrolando as tiras até cobrir todo o cabide. Tente fazer um acabamento legal ao final de cada tira para evitar que as emendas apareçam. Tá vendo esses dois ganchinhos menores para pendurar alças? Deixei como estavam, não passei tecido. Uma ideia é pintá-los para fazer uma graça. Usei esmalte de unha colorido e deixe secar:

cabides-decorados-com-tecido

Gostaram da ideia? Esses cabides decorados devem ficar lindos expostos em araras!

Se você fizer esse projeto de DIY, me mande uma foto do resultado :).

Beijos!

 

UPDATE: A Lívia Santana deu a dica de usar viés no lugar do tecido. Para quem não conhece, é um rolinho de tecido já cortado em tiras. É barato e bem mais prático do que cortar o tecido :). Ótima ideia!!

Etiquetas para organizar a cozinha

Uma maneira simples de decorar e manter a cozinha organizada é colar etiquetas nos potes que armazenam temperos, grãos, farinhas e outros ingredientes que usamos no dia a dia. Estava com a ideia de fazer as minhas próprias etiquetas de cozinha, mas não tenho a menor habilidade com design e programas de edição de imagens. Fuxicando o Microsoft Publisher, que vem no pacote Office, vi que qualquer um pode fazer etiquetas lindas!

Fiz três modelos e espero que algum deles combine com a sua cozinha :). Coloquei os itens mais comuns em uma despensa, como arroz, feijão e açúcar, mas deixei algumas em branco para você preencher de acordo com o que tem em casa. Essas etiquetas dão outra cara para os tradicionais potes de mantimentos e ajudam a organizar a cozinha. É só fazer o download do arquivo que você preferir e imprimir.

Fiz um tutorial rápido para quem tem zero habilidades e quer fazer seus próprios modelos. Está logo depois dos arquivos das etiquetas. Espero que gostem :).

etiqueta-quadro-negro

Download – Etiqueta de quadro negro

etiqueta-flores-organizar-cozinha

Download – Etiqueta de quadro negro

etiqueta-azul-para-cozinha

Download – Etiqueta azul

Etiquetas for dummies:

A primeira coisa é procurar no google uma imagem para usar como fundo da etiqueta. Usei os termos de busca “scrapbook” e “wallpaper” e achei ótimas opções. Abra um arquivo novo no Publisher e insira uma “forma”. Pode ser um círculo, retângulo, o que você preferir. Esse é o ícone:

formas

Clique com o botão direito na forma criada e vá em “Formatar Autoforma”. Em “efeitos de preenchimento”, selecione a imagem que você salvou para usar como fundo. Depois é só incrementar a etiqueta! Inseri uma faixa branca nas etiquetas com fundo colorido, pois seria difícil escrever o nome do ingrediente por cima. Escolha uma fonte legal e escreva os nomes dos produtos que você tem na despensa.

Imprima em casa ou em uma gráfica rápida. Já imprimi etiquetas em papel adesivo, o que facilita muito na hora de colar. Paguei R$ 5 por folha e cada uma rende várias etiquetas. Você também pode usar papel comum e colar com contact transparente. As duas opções são baratinhas e mudam a cara da sua cozinha.

Beijos!

Em busca de uma vida mais simples

Como levar uma vida mais simples? Há algum tempo venho mudando hábitos e tentando me colocar na direção de uma vida mais simples. Escolhi reduzir de tudo um pouco: objetos, compromissos, situações estressantes. Assim consigo mais tempo para atividades que me fazem bem e vou equilibrando meu dia. Quebrar a rotina que seguimos há tantos anos é demorado e trabalhoso, mas faz muito bem :). Se você também busca uma vida mais simples, pode seguir alguns passos para começar.

Ter menos: Menos coisas dão menos trabalho, gastam menos dinheiro e precisam de menos tempo de dedicação. Gostamos de conforto e temos muito mais do que precisamos. Roupas, bolsas, livros e utensílios de cozinha fazem parte da nossa vida, mas não deixe que eles virem o centro dela. Gaste seu dinheiro com a realização de um sonho, invista tempo em experiências positivas. E fica bem mais fácil ter uma vida mais simples quando há menos objetos para organizar.

Dizer ‘não’: Aprendi que não preciso aceitar um convite quando estou cansada ou quero aproveitar o tempo com outra atividade. Ir a um lugar só por educação pode ser necessário em algumas ocasiões, mas é perfeitamente dispensável na maioria delas. Parei de ir a lugares que tiram a minha energia ou não me acrescentam em nada. Já temos tantos compromissos durante a semana, não precisamos agendar mais mil coisas para sábado e domingo. O foco é ter uma vida mais simples. Claro que eu adoro sair e encontrar amigos, mas gosto de ir disposta a aproveitar a saída, não ir por obrigação.

Desacelerar: Sempre fui aquela pessoa que pula o café da manhã só para ganhar mais tempo de sono. Ia para a escola toda descabelada, com fome e, muitas vezes, atrasada. Hoje entendo que não preciso fazer tudo correndo. Que é melhor acordar um pouco mais cedo e comer com tranquilidade do que engolir a comida de qualquer jeito. Também cansei de sair atrasada e dirigir com o coração na boca. Prefiro planejar as minhas atividades e fazer tudo no tempo certo. É claro que imprevistos acontecem! Mas podemos trabalhar no que está ao nosso alcance e ter uma vida mais simples.

Ter metas: Sem objetivos claros, fico um pouco perdida e perco tempo com coisas e pessoas irrelevantes. Com metas, a história muda. Recebo um convite e tenho clareza para decidir se ele vai me ajudar a manter o foco. Tenho vontade de comprar um sapato novo, mas lembro que meu dinheiro tem mais valor se aplicado no meu sonho. Não perco tempo com coisas que me distanciam da pessoa que quero ser. Pode ser uma meta material ou um plano de vida, o importante é focar no que te faz bem.

Ainda estou no caminho para uma vida mais simples, e isso não quer dizer que vou vender tudo e morar em uma barraca. Esse pode ser o objetivo de muita gente, mas não funcionaria para mim. Acho que cada um pode encontrar a melhor forma para si de diminuir o stress e ter uma vida mais simples :).

Beijos!

Como arrumar uma casa pequena

Estamos passando por uma fase engraçada nesse início de casamento: todos os nossos pertences foram pensados para o futuro apartamento, mas ainda vivemos na espaçosa casa da minha família. Eu não esperava toda essa demora (#paciência), então tudo que tenho já está devidamente adaptado a uma casa de 50 metros quadrados. Como arrumar uma casa pequena era a minha maior dúvida na hora de escolher móveis e outros objetos.

O primeiro passo foi reduzir os itens do guarda-roupa para o tamanho do futuro armário. Ele será um pouco maior do que o armário que uso hoje e terei que dividi-lo com o Léo. A conta é fácil: terei só metade do espaço atual, então as roupas e sapatos precisavam cair pela metade. Esse objetivo parecia impossível, mas eu pensava muito em manter a casa organizada, então desapeguei de muita coisa. É difícil organizar a casa quando você tem muitos objetos. Eu acredito em reduzir para organizar.

Hoje dividimos o armário e lá também guardo a roupa de cama. Problema resolvido! Como arrumar uma casa pequena não é algo fácil, fui atrás de outras alternativas. A mais inteligente delas, na minha opinião, é a cama com baú. Em vez do box tradicional, ela tem um baú bem amplo. Esse box é mais caro, mas te dá um espaço enorme para guardar edredon, travesseiro, mala e outros objetos maiores. Eu sou muito fracota, mas consigo abrir o baú tranquilamente porque ele tem o mesmo sistema usado em porta-malas de carro. O nosso está lotado:

cama-box-baú

No momento guardo vários presentes de casamento, principalmente coisas de cozinha. Quando tudo estiver no lugar certo, quero aproveitar o espaço para guardar sapatos pouco usados, roupa de cama, cobertas e malas pequenas.

Descubra como arrumar uma casa pequena: banheiro

Antes da organização do quarto, eu usava muito espaço para guardar itens menores, como meias, cintos e roupa íntima. Como arrumar uma casa pequena exige o melhor uso possível do espaço, tirei tudo isso das gavetas e comecei a guardar em caixas de tecido. Uso essas mesmas caixas no armário do banheiro para guardar estoque dos produtos que mais uso. Fica organizado e fácil de arrumar. As minhas são da Ikea, mas já vi para vender na Etna. São muito parecidas com essas:

como-arrumar-uma-casa-pequena

 

Tenho muitos planos e ideias para os outros cômodos da casa, mas preciso esperar a mudança para colocar tudo em prática. Enquanto isso, vou reduzindo as máximo os itens do quarto. Como vocês mantêm a ordem em casa? Alguma dica de como arrumar uma casa pequena?

Beijos!