Hoje dei uma volta no shopping para pesquisar preço de geladeira (acabei comprando online! #internetwins) e fiquei pensando nos tempos em que passear nas lojas era um prazer para mim. Quantas vezes não saí do trabalho direto para o shopping só porque o dia tinha sido puxado… Por muitos anos usei as compras para relaxar, mas não percebia que logo em seguida aquilo viraria um drama: extrato do cartão nas alturas, poupança zerada e um guarda-roupa nada interessante.

Eu descontava o stress da vida nas compras, mas não tinha um retorno duradouro. A alegria durava algumas horas, mas no dia seguinte tudo voltava ao normal. Minha relação com as compras nunca chegou ao ponto de atrapalhar a minha vida ou me deixar endividada, mas sei que ela não era 100% saudável. E entendo que muita gente compartilha desse mesmo problema.

compras

Sabia que mais de um terço das pessoas (36%) compra para aliviar o nervosismo do dia a dia? Li uma pesquisa recente do SPC mostrando que 24% das pessoas compram quando estão deprimidas. As mulheres têm uma tendência maior a fazer compras por impulso quando estão deprimidas: 30% já caíram nessa roubada.

Eu já me encaixei nessas estatísticas, mas a cada dia tenho menos vontade de gastar dinheiro sem pensar muito bem antes. Hoje eu valorizo as boas experiências que o dinheiro pode pagar, como a emoção de viajar para um lugar novo e a alegria infinita de arrumar a minha casa.

E você, já pensou no que vai fazer com o próximo salário? Pense bem antes de correr para o shopping. Planeje, dê um destino a cada centavo que entra e o retorno será incrível. Eu garanto J

Beijos!

PS: Se você ficou curioso com a pesquisa e quer ver mais dados, é só clicar aqui.

2 comments on “Compras = menos stress?”

  1. Sinceramente eu nunca fui fã de comprar em lojas físicas, nunca tive paciência rsrs principalmente lojas de roupas, sempre que vou comprar algo pesquiso online e lojas físicas para ver onde vale a pena comprar e na maioria das vezes lojas online ganham.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *