A cozinha do nosso apartamento evoluiu bastante nos últimos dias e fiquei animada em dividir as novidades com vocês.

Recebemos o apartamento com uma pedra pequena na cozinha, só com a cuba e espaço para um escorredor. Além disso, ela era mais estreita que o padrão de 60cm e teríamos problemas para embutir os eletrodomésticos. Decidimos trocar por uma bancada maior e fui atrás das opções. Adoro aquelas bancadas lisinhas e sem manchas tipo Silestone, mas no primeiro orçamento desistimos. Existem muitas marcas que fabricam esse tipo de bancada, mas até os modelos mais baratos ficariam pelo menos 3 vezes mais caros que o granito.

A bancada da cozinha definitivamente não era a minha prioridade, então foi fácil optar pelo granito. Gostei muito do granito na cor branco itaúnas, mas li muitas reclamações sobre manchas com o tempo de uso. Nem os profissionais das marmorarias que visitei recomendam a cor. Escolhi o branco siena, que tem menos facilidade para manchar (mas também mancha) e o preço é parecido.

Se você estiver decidido pelo granito, saiba que é uma pedra natural e o desenho nunca será totalmente uniforme. O granito tem algumas manchas mais escuras, mas acho que elas não atrapalham em nada. Você pode pedir para ver a pedra que será usada na sua bancada e checar as manchas, para garantir. Gostei muito do branco siena porque ele é clarinho e mistura o cinza com o bege. Achei que compensou demais o preço!

Um problema da nossa cozinha é que ela veio só com tomadas altas. Ou seja,não daria para usar nenhum equipamento elétrico embutido embaixo da bancada. Adeus forno, lava e seca, lava-louças e triturador, né? Chamamos o eletricista para mudar as tomadas e lugar e ele precisou quebrar algumas cerâmicas, claro.

Aí vem o problema número 2: esse prédio está pronto há milênios e as cerâmicas usadas já saíram de linha. Não encontrei nem no “cemitério dos azulejos”. A solução mais prática foi trocar o revestimento da parte que ficará aparente entre a bancada e os armários.

Sou apaixonada pelo Metro White da Eliane, super conhecido em blogs de decoração. Encontrei o modelo Beatles, também da Eliane, por um preço ótimo e levei. Acho os dois muito parecidos (até iguais…). Ficamos na dúvida sobre a cor do rejunte, já que o cinza destaca as peças, mas o branco ganhou.

Os armários vão demorar um pouco, então sinalizei nas fotos onde vai ficar cada item da cozinha. Acho que dá para ter uma ideia boa de como vai ficar 🙂

Tentei mostrar nas fotos os dois lados da cozinha. A bancada maior (com pia, fogão, etc) tem 60cm de profundidade e o balcão de apoio tem 35cm.

branco siena
branco siena
branco siena
branco siena
branco siena

Agora é esperar a mudança! Tenho uma data na cabeça, espero que dê certo 🙂

Beijos!

5 comments on “Pedra da cozinha (Branco Siena)”

  1. Realmente o Itaúnas mancha, no meu caso enferrujou já na primeira chuva, ia colocar o Itaúnas na cozinha inteira, além das soleiras e peitoris. Comprei primeiro os peitoris e soleiras, quando vi a ferrugem eu desisti de colocar na cozinha e escolhi o Siena para a bancada da cozinha, não são iguais, mas são semelhantes… Não vai ficar lindo cada lugar de um jeito, mas é melhor ser diferente do que ter uma bancada toda enferrujada rs.

    • Camila, que pena que o itaúnas durou tão pouco! Não imaginava que era assim… Que bom que você conseguiu mudar a pedra da bancada! E as cores são bem parecidas, não tem problema 🙂 Beijos!

  2. Boa tarde!
    Estamos colocando a bancada da nossa cozinha em branco siena também e gostaria de saber qual a cor do rejunte que você colocou na sua.
    Obrigado!

  3. Oi Elisa! Eu estou na mesma… Adoro o Itaúnas, mas estou com medo. Gostei muito do Siena, mas cheguei até a pensar em por preto por medo das manchas. Você tem gostado do Siena? Beijo

    • Vanessa, gosto muito dele! Até hoje não percebi nenhuma mancha na pedra, mas tenho bastante cuidado. Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *