Hambúrguer caseiro na Air Fryer

Essa receita de hambúrguer caseiro na air fryer é clássica lá em casa. Ela é muito simples e o hambúrguer pode ser congelado ainda cru. Na hora de comer, é só tirar do freezer e colocar direto na air fryer (ou na frigideira), não precisa nem descongelar. Você pode montar um sanduíche tradicional ou comer no prato com os acompanhamentos, como eu gosto de fazer. Fica uma opção prática e barata de carne para as refeições do dia a dia. É muito mais gostoso e saudável que o hambúrguer comprado pronto no mercado! Espero que gostem do vídeo 🙂

hamburguer-caseiro

Beijos!

Destralhe de hábitos

public-domain-images-free-stock-photos-craft-arrow-feather-pastel-dream-1-1000x666

Li um post do Meu Diário Minimalista sobre um exercício rápido para clarear nossos pensamentos e colocar no papel aquilo que está em excesso ou em falta na nossa vida. A ideia veio do Be More With Less e consiste em fazer três listas (já ganhou a atenção da virginiana aqui).: less (menos), more (mais) e none (nada).

Colocando nossos desejos e hábitos no papel, fica mais fácil enxergar o que queremos continuar fazendo e o que devemos reduzir ou eliminar da nossa rotina. Quando comecei a escrever, reparei que as minhas prioridades são basicamente as mesmas do fim de 2015, quando bolei minhas metas para 2016. Parece bobo, mas esse já é um grande avanço para quem muda de ideia com facilidade, como eu. Só de saber que estou caminhando na mesma direção há alguns meses, fico satisfeita. A vida inteira eu mudei de rumo várias vezes e abandonei projetos pela metade. Agora vejo que as coisas estão mais definidas 🙂

Less (menos)

Redes sociais tenho o hábito de deixar o Facebook e o Whatsapp web abertos no computador, então acabo vendo muito mais do que deveria. Quero limitar um período do dia para consultar Facebook, Instagram e Snapchat. Ainda uso muito Whatsapp e e-mail para o trabalho, então esses ficam de fora.

Açúcar a vida inteira fui aquela pessoa que comia à vontade sem se preocupar com o peso. Comia todo tipo de doce sem critério, mas hoje sei que não é só o peso que importa. Aos 31 anos, preciso me preocupar mais com a minha alimentação e o açúcar é um grande vilão. Entra na lista de less porque não quero cortar para sempre.

Gastos – por mais que eu tente cortar gastos de todos os lados, sempre acho que dá para melhorar. Esse ano eu gastei MUITO com a casa e comecei a pagar várias contas novas (luz, condomínio, internet, etc). Fiquei um pouco perdida no início, mas já me adaptei à nova realidade e agora quero focar em cortar!

Exageros na alimentação segue a mesma ideia que falei acima sobre o açúcar. Preciso aprender a comer só um pouco e não encher o prato. Dia desses fui no buffet do meu trabalho e servi 4 tipos de doces. Oi? É esse tipo de exagero que quero cortar.

Ansiedade  tenho o péssimo hábito de me preocupar muito com o futuro e tomar decisões “prevendo” o que pode me acontecer no futuro. E hoje vejo que essas são as piores decisões que eu faço. Preciso começar a confiar que tudo vai se resolver na hora certa.

More (mais)

Exercícios – entrei no pilates e estou adorando! Quero criar esse hábito na minha vida, coisa que nunca consegui. Agora moro pertinho de um parque e tenho feito algumas caminhadas, o que tem me animado bastante.

Foco – quero fazer tudo ao mesmo tempo e acabo não fazendo nada, sabe como é? Perco tempo e energia com coisas que não me acrescentam em nada, e acabo deixando de lado aquelas que são realmente importantes.

Leituras específicas – sempre gostei de ler, mas nunca fui muito criteriosa. Ia na mesa de ‘mais vendidos’ da livraria e escolhia títulos de todo tipo. De uns meses para cá, passei a definir melhor os assuntos sobre os quais quero ler. Isso não será para sempre, mas no momento tem me feito bem e quero continuar.

Meditação – preciso! Fiz dois cursos de meditação para conhecer melhor a prática e estou tendo muita dificuldade em criar o hábito diário. Sei que vai ser a resposta para muitas questões minhas, então quero insistir na meditação até conseguir.

None (nenhum)

Remoer pensamentos – a ansiedade me leva a remoer eternamente os problemas (do presente, passado e futuro). Isso não me faz bem e eu quero cortar completamente da minha vida. A meditação ensina a afastar pensamentos sem se deixar afetar por eles durante a prática. Só deixar ir, sem se preocupar. É o que estou tentando fazer o dia a dia sempre que algo vem à tona. Uma técnica é começar a pensar em algo positivo ou agradecer pelas coisas boas do dia. Claro que nem sempre funciona, especialmente naqueles dias de desânimo extremo.

Sugiro que você faça esse exercício para entender melhor o que pode estar em excesso na sua vida. O destralhe não ajuda só a organizar a nossa casa, é bom para a mente também 🙂

Beijos!

Lavanderia organizada

Uma lavanderia organizada ajuda muito na rotina de quem não tem muito tempo para manter as roupas em dia, como eu! Gosto de ter um espaço limpo e livre de tralhas na minha área de serviço, um canto da casa que não costuma receber tanta atenção.

Quando todos os itens de lavanderia têm lugar certo para ficar, não perco tempo procurando os produtos e consigo controlar a bagunça. A minha cozinha é do tipo corredor e optei por integrar a lavanderia, por isso não coloquei nenhum tipo de divisória entre os dois ambientes. Ou seja: qualquer bagunça na lavanderia invade a cozinha, e vice-versa.

Tenho só um armário para guardar todos os produtos de limpeza, panos de chão, esponjas, etc. A solução que encontrei foi guardar itens que uso pouco em uma caixa de plástico transparente (assim não esqueço o que tem dentro). Uso também uma caixa sem tampa para guardar os sacos de lixo. Como não tenho espaço para guardar vassoura, rodo e tábua de passar, prendi atrás da porta da cozinha um organizador com ganchos. Tudo fica suspenso do chão e escondido atrás da porta 🙂

Separei alguns itens de organização parecidos com os que uso na minha área de serviço e ajudam demais na organização. Todos são do site da Leroy Merlin.

lavanderia

E a roupa suja, onde fica? Tenho um cesto de tecido que ficou na área de serviço por algumas semanas, logo que nos mudamos. Não me adaptei com ele ali porque ocupava muito espaço e a minha cozinha/área é estreita, estilo corredor. Coloquei o cesto no segundo quarto da casa e por enquanto ele está lá! Gostei desses modelos de cesto também da Leroy:

lavanderia

Quer mais dicas sobre lavanderia? Quando o canal no Youtube completou 10 mil inscritos, fiz uma Maratona de Ajuda na Organização tirando dúvidas enviadas por e-mails. Uma delas era justamente sobre a lavanderia: a leitora queria dar um jeito na área de serviço, mas não sabia bem como organizar. Dei algumas dicas e surgiram ótimas ideias nos comentários! Pode ser que você tire alguma inspiração de lá 🙂 Dá uma olhada na história da leitora:

Beijos!

Minimalismo e decoração da casa

Desde o início do planejamento dos móveis da casa, meus objetivo principal era ter ambientes claros, tranquilos e com poucas coisas. Não me sinto bem em lugares cheios, com muitos armários e enfeites pela casa. Preferi seguir uma decoração minimalista, apesar de não levar ao pé da letra os conceitos desse estilo de vida. Se você ainda não conhece a minha casa, mostrei em vídeo a sala e a cozinha.

A principal vantagem de uma casa com decoração minimalista, para mim, é: fácil de limpar e organizar, fora o aspecto visual, que eu amo. Um dia desses recebi a notícia de que alguns amigos chegariam em exatos 5 minutos. Eu não tinha nada planejado e bateu aquele pânico. Corri para devolver tudo que estava fora no lugar enquanto o marido passava o aspirador e JURO que em 5 minutos estava tudo apresentável e ainda tinha um potinho de azeitonas para receber as visitas (na véspera do mercado só tem isso na geladeira…hahaha). Nesse dia percebi que atingi meu objetivo de ter uma casa fácil de gerenciar, que dificilmente vai sair do meu controle em termos de bagunça. Confie em mim, você não precisa de tantos móveis e peças decorativas para ser feliz 🙂

Agora vamos às ideias de decoração minimalista que adotei lá em casa. Priorizei o branco, algumas variações de bege, cinza e madeira. Só isso já deixou o apartamento muito mais leve. Na escolha dos móveis, optei por comprar o básico: sofá, mesa de jantar, cama e rack. Não temos mesinhas de canto nem de centro, tapetes ou estantes. Gosto dos espaços vazios e, principalmente, da facilidade em arrumar tudo. Ainda quero ter um móvel tipo buffet na sala porque sonho com um barzinho e um espaço do café <3 Mas é luxo, estamos indo super bem sem o buffet por enquanto.

Seguindo o minimalismo na decoração, substituí abajur e luminária de chão por pendentes na sala e no quarto. Eles ocupam zero espaço no chão e são muito funcionais. Aliás, torço o nariz para objetos que não têm “função” lá em casa. Tenho alguns itens de decoração, como porta-retratos e algumas caixas decorativas, mas só! Confesso que estou com vontade de colocar um pouco mais de cor na sala, mas só nos quadros que pretendo colocar na prateleira da sala.

O Leo Babauta, autor de livros sobre minimalismo e do blog Zen Habits, dá algumas dicas para aplicar o minimalismo na decoração de casa:

Um cômodo de cada vez
É difícil planejar tudo de uma vez quando não se é especialista no assunto. Eu, por exemplo, me mudei há meses e ainda não consegui terminar todos os cantos da casa. A ideia é focar em um quarto de cada vez para conseguir um ambiente calmo e sem tralhas.

Mantenha as superfícies livres
Evite ao máximo colocar objetos em superfícies, como estantes, bancadas e mesas. Tente usar apenas um ou dois itens de decoração, em vez de encher de porta-retratos, vasos de flor, entre outros itens. Isso facilita demais a limpeza e tira aquela impressão de casa cheia, sabe?

Deixe os objetos fora de vista
Depois de destralhar o cômodo e tirar tudo o que for lixo ou doação, encontre um lugar para cada objeto que permanecer na sua casa. Você pode guardar no armário ou em gavetas, mas tente não deixar nada à vista. Se você usa estantes abertas para livros e CDs, reduza ao máximo os objetos de decoração expostos nelas.

Cores
Você pode usar pontos de cor no cômodo, mas o ideal é deixar a maior parte dele em cores que não chamem tanta atenção. O branco é o clássico do minimalismo, mas hoje existem mil opções de beges e outras cores tranquilas. Use cores sólidas nos móveis e no acabamento do chão, de preferência. Estampas muito elaboradas podem poluir a decoração.

Separei fotos de casas que me inspiram pela luminosidade, organização e tranquilidade dos ambientes! Vou começar com a casa da Jenny Mustard, que eu acompanho no Youtube. Ela tem pouquíssimas coisas e um estilo super diferente!

jennymustardgettingorganised2c jennymustardminimalistwardrobetour4 jennymustardunit2c-e1473240070844

E mais algumas fotos de ambientes com decoração minimalista para inspirar <3

7ab66f870f48c001132802274799d4fb b350cb95d26fc50ade46c94117b4b5da

minimalismoFonte

 

Beijos!

Vamos ao mercado? VLOG

Ainda sou bem inexperiente em gravar vlogs, mas não resisti e gravei a minha última ida ao mercado para mostrar um pouco dos preços e do que eu costumo comprar. Sou fã de atacadistas porque costumo encontrar bons preços, especialmente em produtos de limpeza e grandes embalagens. Aqui em Brasília a diferença de preços é grande entre um mercado e outro, então opto pelo atacadista para fazer as maiores compras.

Deixo para comprar legumes e carnes em um mercado perto de casa, que faz promoções legais em certos dias da semana. Eu gosto mesmo é de ir à feira comprar tudo, mas estou tentando economizar e pagar todas as compras com o vale alimentação. Na feira, é só dinheiro vivo :/

Assim que me mudei, tentei fazer a compra mensal no supermercado e comprar legumes uma vez por semana. Depois passei a ir ao atacadão a cada 15 dias e estou achando bem melhor assim! Faço menos estoque (tenho pouco espaço, como mostrei no vídeo de organização da despensa) e planejo melhor o cardápio da semana.

Espero que vocês gostem do vídeo 🙂

Beijos!

Como ficou meu extrato de baunilha caseiro

Lembram do extrato de baunilha que fiz em junho e mostrei aqui para vocês? Está lindo e super perfumado! Queria mostrar a evolução do extrato, que começou bem clarinho e agora está super apurado.

O extrato é super simples de fazer, é só partir as favas de baunilha e completar o pote com vodka. Depois de 3 meses, o meu ainda tem um pouco do cheiro da vodka, mas já consigo usar. Acho que em dois meses ele perderá completamente o cheiro da bebida e ficará um extrato perfeito! Olha a diferença de junho para cá:

 

como-fazer-extrato-de-baunilha

img_5892

img_5896

Guardo o potinho na prateleira de temperos que tenho na cozinha, longe do sol. Por enquanto isso tem funcionado muito bom, não percebi nenhuma alteração de sabor nos condimentos. Usei esse potinho decorado, mas você pode usar um vidro de geleia ou qualquer outro que fique bem vedado.

Estou adorando ter um extrato caseiro e não vejo a hora dele ficar totalmente pronto 🙂

Beijos!

Sala de jantar organizada

Vocês viram o tour pela sala que eu gravei? Foi em julho e ela continua exatamente do mesmo jeito, ainda bem simples e com poucos móveis. Temos basicamente sofá, rack, mesa, cadeiras, e alguns poucos itens de decoração. Estou guardando várias fotos de inspiração porque quero fazer uma decoração legal na sala! Pretendo juntar o dinheiro para colocar um revestimento diferente em uma das paredes e comprar ou mandar fazer um buffet.

Já posicionei a mesa e o lustre de uma forma que sobrasse espaço para um móvel na parede da porta de entrada. Quero ter um buffet para guardar taças e louças de servir. Ele também vai ser o nosso bar e o cantinho da cafeteira. Vai ser especialmente útil como apoio para comidas e bebidas quando eu receber visitas. Em vez de servir tudo na mesa, que não é muito grande, eu posso dispôr as travessas no buffet e cada um se serve. Fazia isso na casa dos meus pais e facilita muito a vida! Se for uma noite de petiscos, posso usar todo o buffet como apoio para bebidas, copos e guardanapos. De todo jeito, é um móvel importante para a sala!

Penso em mandar fazer um modelo bem reto, sem puxadores, e que fique preso à parede (sem pés). Mas ainda estou na dúvida! Não fiz nenhum orçamento, quero definir o desenho antes de ir atrás disso. Juntei as imagens que estou guardando de referência com outras tiradas do perfil da Mobly no Pinterest. Gosto muito de seguir o perfil deles, sempre encontro boas ideias. E se você ainda não me acompanha no Pinterest, entra lá! Compartilho várias fotos lindas de decoração, receitas, festas e organização.

8fa35966c55e9fa105320f188e3ea50d

e5e8d9054db512d033dfbc6f415e482c 2ec6e337afe584604fb754b0d223e174 1cd31051a3adc5a6121778f4466f4ede

4df34498f6d2280654048496e96fff06

bece514674e28132d324c6b8e1e5b3fd

O preferido para a minha sala de jantar é o azul da penúltima foto. Ele é preso na parede e não tem pés, o que facilita muito a limpeza. Não precisa ficar arrastando na hora de passar vassoura e pano. Por outro lado, eu perderia um pouco de espaço porque ele é menor que os outros. Estou na maior dúvida, mas aviso vocês quando decidir 🙂

Beijos!

Louças básicas para receber em casa

No último domingo fiz um café da manhã muito especial para receber familiares que ainda não conheciam o nosso apartamento. Arrumei a casa toda e quis fazer uma mesa bem linda e convidativa. Mostrei os preparativos no snapchat (ELISALANGSCH) e o sucesso foi tanto que resolvi falar um pouco mais das minhas louças!

Assim que comecei a comprar meus itens de cozinha, resolvi priorizar cores neutras e objetos que eu pudesse usar por décadas. Eu precisava reduzir meu acervo por conta do espaço, mas ainda assim queria ter o suficiente para uma mesa bem decorada. Escolhi louças brancas e objetos de vidro, e deixei as estampas e cores fortes para alguns poucos objetos. Essa foi a maneira que encontrei para ter itens básicos que funcionem em qualquer ocasião.

No vídeo mostrei as peças usadas nesse café da manhã especial e dei várias dicas para quem está na fase de montar enxoval e lista de casamento. Espero que vocês gostem!

Beijos!

Como congelar legumes e outros

Vocês sabem que eu adoro cozinhar, mas nem todo dia sobra tempo ou disposição para fazer algo diferente. Sempre tenho alimentos congelados para ajudar nos dias de pouca inspiração na cozinha. Comecei com o básico, congelando carnes, e fui avançado na área, testando o que dava certo com cada alimento. Hoje quero contar para vocês como congelar legumes, frutas e outros tipos de comidas.

O espaço do congelador da minha geladeira (saiba mais sobre a Electrolux modelo DW42X) é ótimo, mas não é um freezer completo, né? Então tive que me adaptar para otimizar o espaço e congelar porções que evitassem o desperdício. Ainda estou aprendendo, mas já tenho boas experiências para contar. Então vem aprender como congelar legumes e outras comidinhas!

Brócolis e couve-flor
Esses não faltam no meu freezer! Já expliquei como usar os talos e folhas do brócolis, e sempre tenho um saquinho com eles. Mas também gosto de congelar a parte nobre do brócolis, das ‘flores’ (não sei se são flores mesmo…). Limpo bem o brócolis, coloco os pedaços no vapor (no micro-ondas também funciona bem), e tiro quando ainda estão durinhos. Deixo na água fria para interromper o cozimento, seco e congelo nos saquinhos. Na hora de usar, é só tirar quantos ramos você quiser. Muitas vezes complemento meu almoço do dia com pedaços de brócolis com sal e azeite. Funciona bem para montar as marmitas que levo para o trabalho, já que os ramos já estão cozidos e é só esquentar e comer.

Gengibre
Outro vegetal que adoro, mas não consigo usar por inteiro e acabava ficando ressecado na geladeira. Hoje eu prefiro comprar um bom pedaço de gengibre, usar o necessário e congelar o restante. Corto em pedaços pequenos, descasco e congelo em um potinho. Assim, posso tirar só um pedaço para usar em sucos ou outras receitas.

Frutas
Acho que as frutas ocupam a maior parte do espaço no freezer! Amo ter frutas congeladas, especialmente porque adoro fazer sucos. Agora estamos na temporada dos morangos e já fiz meu estoque no freezer. Lavo os morangos, tiro as folhas, deixo secar bem e coloco em um tabuleiro para congelar. Depois de congelado, coloco todos juntos em um saco. Assim, evito que grudem uns nos outros. Dá para usar em sucos, geleias, caldas, bolos e outras receitas. O abacaxi também funciona muito bem congelado! Descasco, corto em pedaços menores e primeiro congelo no tabuleiro, assim como os morangos. Tenho até meus kits de suco verde, que já mostrei no Snapchat (me segue por lá; ELISALANGSCH). No mesmo saquinho, coloco duas fatias de abacaxi, um pedaço de gengibre e uma folha de couve. De manhã, é só tirar do freezer e bater com água. Café da manhã delicioso e prático! Também congelo a polpa do maracujá para fazer suco, é bem melhor que comprar pronta.

como-congelar-legumes

Hambúrguer caseiro
Faço a mistura básica de patinho moído (duas vezes, de preferência), sal, pimenta do reino e cebola em pó. Quando estou sem a cebola, uso aquelas misturas prontas para creme de cebola. Funciona muito bem, mas fica menos saudável, né? Muitas receitas incluem ovo, mas não vejo necessidade de usar. Amasso bem a carne, e uso um copo com a boca larga para cortar as rodelas certinhas. Faço pilhas de 4 hambúrgueres, colocando um plástico entre cada um para não grudar. Deixo no saquinho próprio para freezer e pronto! Na hora de usar, é só tirar quantas unidades você quiser e colocar na air fryer, frigideira ou forno. É uma mão na roda e fica muuuito mais gostoso que o hambúrguer industrializado.

Tapioca
Gosto de comprar no mercado aquela massa pronta pra fazer tapioca, mas é impossível comer o saco inteiro sozinha, e ele acaba estragando. Assim que chego do mercado, abro a embalagem e divido em porções individuais nos saquinhos de congelamento. Costumo deixar 3 colheres de sopa, o suficiente para uma crepioca ou tapioca tradicional. Essa descongela num instante, então nem precisa tirar do freezer na véspera.

Pão de fôrma
Outro item difícil de consumir a tempo em uma casa com poucas pessoas. Aquela embalagem grande do mercado acaba estragando lá em casa, por isso prefiro congelar. Divido o pão em 3 partes e coloco cada uma em um saquinho. É só tirar do freezer, esperar descongelar e consumir normalmente. Na casa da minha mãe, ela comprava vários pães, colocava direto no congelador e ia usando ao longo do mês. É uma estratégia boa para famílias com 4 pessoas ou mais!

como-congelar-legumes

Arroz branco/integral
Sempre fazemos uma quantidade boa de arroz para congelar o que sobrar. Faço normalmente, espero esfriar e distribuo nos sacos plásticos. Não temos o hábito de comer arroz todos os dias, então prefiro congelar do que desperdiçar as sobras. Fora que ajuda muito naquelas horas de fome+preguiça. É só tirar um saquinho de arroz, um de brócolis, colocar um hambúrguer na air fryer, e o almoço está pronto! Só vai sujar um prato 🙂

Carnes
Essa é clássica, né? Gosto de comprar sassami de frango e alguns bifes e congelar individualmente no saquinho. Consumimos mais carne de porco que de boi, então nunca falta uma picanha suína no freezer.

Beijos!

Brownie fit sem farinha nem leite

Confesso que torço o nariz para várias receitas “fit” ou ingredientes muito saudáveis. É puro preconceito, porque nunca provei a maioria delas, mas fico super desconfiada com algumas adaptações. Não foi diferente quando uma amiga veio com essa receita e brownie sem farinha nem leite. Esses ingredientes são substituídos pela biomassa de banana verde. A Larissa me garantiu que o brownie fit tinha ficado melhor que o tradicional! Como ela é uma boleira experiente, confiei. Ela foi lá em casa em um sábado e fizemos esse bolo incrível!

Para provar que o brownie fit fica igualzinho o original, chamei o marido para um “teste cego”. Ele comeu o bolo feliz, sem saber do que se tratava, e jurou que tinha farinha. Mas era a famosa biomassa de banana verde, que também é bem simples de fazer. Você coloca a banana com casca na pressão, depois amassa a banana e o resultado é uma massa praticamente sem gosto, podendo ser usada em receitas doces e salgadas.

Se você quiser tirar totalmente a lactose do brownie fit, é só usar um chocolate com maior teor de cacau e sem lactose, claro. Acrescentamos nozes na receita, mas você pode usar a castanha que preferir.

Gravamos o passo a passo e a Larissa explicou cada detalhe:

Beijos!