Receita: french toast para o café!

O café da manhã é definitivamente a minha refeição preferida. Adoro testar receitas diferentes para o fim de semana, quando temos tempo de comer com calma. Já dei a receita das panquecas e hoje a minha sugestão é fazer french toast. Essa “quase rabanada” é antiga na minha vida: fazia muito quando era criança, mas perdi o hábito. Esses dias acordei com vontade de um café gordinho e lembrei dessa receita.

FullSizeRender (2)

Não é bem uma receita, e sim um modo de fazer. É tão fácil que não tem medidas certinhas, vai no olho mesmo. Em um prato fundo quebro um ovo e acrescento uma colher de açúcar mascavo (o branco também funciona), canela, essência de baunilha, uma pitada de noz moscada e leite. Mas quanto de leite? Para um ovo, chuto 1/4 de xícara. Não se preocupe com a falta de regras, a torrada vai ficar uma delícia de todo jeito.

Usei pão italiano, mas você pode escolher o que preferir. Passe os dois lados de cada fatia na mistura e coloque em uma frigideira quente com um pouco de manteiga, para não grudar. Não deixe o pão nadando na mistura por muito tempo, vai virar uma meleca.

Frite dos dois lados até ficar levemente torrado e pronto. Decorei com calda de caramelo e gotas de chocolate, mas pura ela já é maravilhosa! Aproveitando meus últimos dias com 20 e poucos anos, comi tudo sozinha. Depois dos 30 a coisa desanda, né?

Beijos!

Detergente fácil em casa

Oi, gente!

Comecei a fazer testes com a substituição de produtos de limpeza e quero compartilhar com vocês. Acho que esse é o setor mais caro do supermercado, sai uma fortuna comprar tudo! Além disso, estava incomodada com a quantidade de embalagens que vão para o lixo toda semana com o uso de detergente, sabão líquido, desinfetante, etc.

Salvei uma receita de detergente caseiro para louça e fiz a experiência. Deu muito certo e rendeu bastante! Com cerca de R$ 1,50 consegui 1 litro e meio de produto, achei ótimo. Para guardar, reutilizei uma embalagem limpa de sabão da lava-roupas. Lá em casa deixamos na pia um porta-detergente com pump, então é só encher sempre que estiver no final.

Uma grande vantagem, na minha opinião, é se livrar daquela lista enorme de químicos presente na composição do detergente comprado pronto. Só para dar um exemplo, pesquisei os ingredientes usados por uma marca tradicional: Alquil benzeno sulfonado sódio linear, alquil bezeno sulfonato de trietanolamina, lauril éster sulfato de sódio, sulfato de magnésio, EDTA, formol, corante, perfume e água. Não entendo nada de química, mas sei que me livro pelo menos do corante e do perfume na versão caseira.

Olha como é fácil fazer:

receita

Coloque na panela três litros de água e leve ao fogo. Acrescente o sabão glicerinado picadinho e mexa até diluir tudo. Deixei o fogo baixo até dissolver tudo, depois desliguei. Esperei esfriar um pouco e misturei o suco do limão. Por último vai o bicarbonato, que dá uma boa “engrossada” no detergente. Fiquei desconfiada porque achei a mistura muito rala, mas depois de frio ele ganha consistência. Faz espuma e limpa direitinho!

final

 

O resultado é um detergente com cheirinho bem leve de sabão, nada enjoativo. Adorei e pretendo fazer mais vezes. Tentem em casa e mandem suas opiniões :).

Beijos!

UPDATE: Esse 1,5 litro rendeu muito mais nos dias seguintes! Com o tempo o detergente vai ficando grosso e aos poucos fui acrescentando água. No fim das contas, rendeu uns 4 litros!

Organizando a ida ao supermercado

Oi, gente!

As minhas primeiras lembranças de supermercado são de quando meus pais me obrigavam a acordar cedo no sábado para ajudar com as compras. Ficávamos horas enchendo o carrinho e mais horas para embalar e desembalar tudo. Anos depois, vejo que a ida ao mercado não precisa ser (sempre) um tormento. Com o tempo elaborei algumas táticas para organizar as compras e hoje economizo um bom tempo. Quando bater aqueeela preguiça de ir ao mercado, tente seguir essas dicas! Acredito que elas também vão te ajudar :).

1- Planeje a lista de acordo com a sua semana/quinzena/mês. Antes de sair de casa, tente visualizar o que você pretende consumir nos próximos dias. Se você quiser fazer uma receita específica, inclua os ingredientes na sua lista. O ideal é ter uma previsão de cardápio da casa e fazer a lista com base nela. Isso ajuda a não comprar mais do que você e sua família vão consumir. Também evita que você precise sair correndo no meio da receita para comprar o ingrediente que faltou.

2- Organize a lista. Tente separar os produtos por categorias, não deixe tudo misturado. Eu faço a lista no bloco de notas do celular, mas no papel é a mesma coisa. Separe por produtos de limpeza, congelados, frios, feira, etc. Exige um pouco de atenção no início, mas depois fica automático.

3- Vá sozinha (o). Se as suas companhias de supermercado atrapalham mais do que ajudam, deixe todo mundo em casa. No meu caso, o marido perde o foco nos corredores de chocolate/doritos/biscoitos. Além de atrasar as compras, sai muito mais caro.

4- Siga uma ordem. A que você preferir, mas eu recomendo o clássico: começar com as bebidas e grãos (pesados) e ir até a feira e os congelados (mais leves ou frágeis). Eu passo por todos os corredores, mesmo que algum deles não tenha nada da minha lista. Foi a maneira que encontrei de não esquecer nada nem dar muitas voltas. Sempre encontro algo que esqueci de incluir na lista. Lembrando que isso só funciona se você não sair colocando todas as bobagens que encontrar pela frente no carrinho, certo?

5- Abandone as sacolas plásticas. Não só pelo bem do meio ambiente, mas pela organização das suas compras! Imagine fazer compras sem colocar tudo nas sacolinhas e ter que desembalar em casa. É uma bela economia de tempo e paciência. Eu uso ecobags, mas estou sonhando com um carrinho de feira. As duas opções são muito práticas e resistentes. É só distribuir os alimentos mais pesados no fundo e organizar o restante. Depois coloco no carro, uma ao lado da outra. Juro que é bem mais rápido que usar as sacolinhas. No dia seguinte às compras devolvo as bolsas para o porta-malas e pronto. A próxima etapa da minha vida é chegar no Carrefour arrasando com um carrinho maravilhoso, tipo esse de oncinha da foto:

mercado

Também estou de olho nessa sacola maior, que encaixa no carrinho do mercado! Esse modelo é da Natura e aguenta até 15kg. Encontrei por R$ 53,60 no site. Muito prático!

Me contem nos comentários as dicas de vocês para agilizar as compras!

Beijos!

O que fazer com cápsulas de café usadas?

Oi, gente!

Depois daquele post comparando a Dolce Gusto com a Nespresso, uma amiga chamou minha atenção para um ponto importante dessas cafeteiras: o que fazer com as cápsulas? As duas máquinas realmente produzem muito lixo, se você considerar a quantidade de cafezinhos feitos em um ano. Ainda não tinha parado para pensar nisso, então fui pesquisar.

O site da Dolce Gusto informa o seguinte: “Todos os componentes das cápsulas são recicláveis. Para reciclar basta abrir a cápsula e separar o plástico, o alumínio e o orgânico”. O pó do café pode ser jogado no lixo orgânico. O plástico e o alumínio é só limpar com detergente comum, de louça mesmo, e esperar secar para colocar no lixo. Como lembrou a Gabriela, não vale gastar muita água nessa etapa: é uma limpeza rápida.

A Nespresso tem um sistema próprio de reciclagem. Você leva as embalagens usadas para as lojas, que funcionam como pontos de coleta. Não sabia disso, mas a partir de agora vou juntar as cápsulas até a próxima ida à loja.

Quero tentar a reutilização das cápsulas na própria máquina. Vários sites e vídeos no Youtube ensinam a encher a embalagem com pó de café e usar novamente. O café moído também pode ser usado em embalagens “permanentes” vendidas no Mercado Livre. Vou deixar um exemplo de cápsula recarregável para vocês conhecerem, mas nunca usei. Ela tem tampa de silicone e um filtro de aço inoxidável. Os vendedores prometem uso por, no mínimo, 50 vezes. O valor é mais alto que o produto descartável, mas compensa se você usa bastante.

O ponto negativo dessas opções é o mesmo, na minha opinião: o sabor do café. A graça de ter uma dessas máquinas é justamente tomar uma bebida mais especial, diferente do café comum a que estamos acostumados. Mas ainda quero fazer o teste!

Uma alternativa ótima para quem tem crianças em casa (ou não) é usar as embalagens em brincadeiras e artesanatos. Encontrei duas ideias que ficaram lindas: usar as cápsulas como vasinho para suculentas e para decorar as luzes da árvore de natal.

como-reciclar-capsula-nespresso-dolce-gusto

como-reciclar-capsula-nespresso-dolce-gusto

 

E vocês, o que fazem com as cápsulas usadas em casa? Preciso de dica!

Beijos!

 

Canais do bem no Youtube

Oi, gente!

O Youtube me conquistou de um jeito difícil de explicar. É a nova TV a cabo, pelo menos lá em casa. Tiro todas as minhas dúvidas por lá, pego dicas e me distraio. Grande parte do conteúdo do YT é voltado para beleza, moda e consumo, mas muitas vezes queremos mais do que isso. Há um tempo fui atrás de canais mais voltados para relacionamentos, espiritualidade, e estilos de vida mais parecidos com o meu.

É bom ver um vídeo de comprinhas? Claro! Mas o Youtube tem muito mais do que isso. Sigo vários canais de bem-estar e listei os principais para vocês. Separei vídeos de pessoas que eu adoro assistir e me fazem bem. Não sei dizer quantas vezes alguns desses vídeos me ajudaram a dormir e resolver certos problemas. São pessoas que eu nunca conheceria sem a internet e hoje fazem parte da minha rotina.

A minha preferida é a Flavia Melissa. Ela acabou de ter um bebê, por isso tem postado menos vídeos. Mas posso passar horas assistindo aos vídeos antigos, eles sempre me acrescentam algo novo. A Flavia ensina a lidar com todo tipo de sentimento: raiva, frustração, ansiedade, fobias, etc. Só a voz dela já me deixa mais calma :).

Conheci a Rachel Newman há pouco tempo, mas já vi boa parte do arquivo. Ela mora no Canadá e fala um pouco sobre a vida por lá, mas o foco mesmo são os vídeos sobre relacionamentos e autoconhecimento. A Rachel também tem uma voz suuuper tranquila e dá ótimas dicas.

O Luz da Serra é um canal voltado para a espiritualidade, sem abordar uma religião específica. Alguns temas são mais exóticos e acabo pulando, mas aproveito muito dos vídeos sobre assuntos mais próximos do que eu penso.

Gisela Vallin: Ela é terapeuta e muito bem-humorada! Traz lições importantes sobre todos os tipos de relacionamentos, ansiedade, e outros.

Passo a passos: O canal da Fabíola é relativamente novo, mas já tem muita informação sobre minimalismo e organização. Além de ser muito simpática e responder os comentários :).

Melissa Alexandria: Canal em inglês. A Melissa conta nos vídeos a história dela com o minimalismo e fala sobre o que a levou a seguir esse caminho. São dicas valiosas para quem quer reduzir o consumo e ter uma vida mais sustentável.

Light by Coco: Mais um canal em inglês. A Coco fala de viagens e do seu armário cápsula, além de dicas sobre destralhe e até algumas receitas.

Espero que vocês se identifiquem com esses canais e que eles te ajudem a melhorar alguma área da sua vida :).

Beijos!

Receita: Panquecas americanas

Oi, gente!

A receita que eu mais faço na vida sem dúvidas é a de panqueca americana para o café da manhã. Sabe quando você decora os ingredientes e faz tudo no olho? É o meu caso com essas panquecas! Gosto dessa receita porque não tem como dar errado e quebra o maior galho quando acordo com vontade de algo diferente.

Elas vão bem com tudo: mel, geleia, nutella, banana, calda de frutas. Mas a minha combinação preferida é manteiga+melado (ou calda de caramelo). Amo ver a manteiga derretendo na pilha de panquecas douradas, igual desenho animado (hahahah!). A receita rende de 6 a 8 unidades, dependendo do tamanho. Costumo colocar uma concha pequena de massa de cada vez para não ficar muito grande. Facilita na hora de virar!

Vamos aos ingredientes:

FullSizeRender (2)

1 ovo
2 colheres de sopa de óleo
1 xícara de chá de leite
1 colher de café de essência de baunilha
1 pitada de sal
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de café de bicarbonato de sódio
1 xícara de farinha de trigo

Como fazer:

Misture o ovo, o óleo, o leite e a essência de baunilha. Adicione o sal, o açúcar, o fermento e o bicarbonato. A partir daí ligo o mixer e vou adicionando a farinha aos poucos. Pode fazer com liquidificador, mas o mixer faz menos sujeira. Depois é só esquentar uma frigideira e colocar uma concha pequena de massa por vez. Gosto da panqueca pequena e gordinha, então não espalho a massa na frigideira. Quando ela ficar dourada de um lado, é só virar com a ajuda de uma espátula. Pode ser difícil nas primeiras tentativas, mas logo você fica craque. O resultado vai ficar parecido com esse:

FullSizeRender

Agora é só fazer um chá e seu café da manhã ou lanche da tarde está pronto :).

Beijos!

Cafeteiras: Dolce Gusto ou Nespresso?

Oi, gente!

Muito antes de casar e planejar a casa nova eu já estava de olho em uma cafeteira. Sou do time que trocou os tradicionais modelos elétricos pelos que usam cápsulas e não me arrependo. Gosto de café passado, mas o expresso me ganhou. A cápsula ainda tem a vantagem de vir na porção ideal para uma pessoa. É chato fazer uma garrafa inteira de café para tomar sozinha, né?

Lá em casa o costume é fazer “chafé”: muita água e pouco pó, o que nunca me convenceu. Ficava seca por um café de verdade e vivia em cafeterias. Há uns dois anos comecei a pesquisar modelos de cafeteiras e fiquei na dúvida entre a Dolce Gusto e a Nespresso. Pensei muuuuito e comprei a Dolce Gusto. Já estava super acostumada com ela, até que no casamento ganhamos uma Nespresso. Conheci a máquina melhor e, adivinha? Amei! Agora as duas ficam juntinhas e são usadas sempre.

Resolvi fazer uma comparação entre as duas para ajudar quem está na dúvida de qual cafeteira comprar. Os modelos comparados são: Dolce Gusto Piccolo e Nespresso Pixie.

qual-cafeteira-comprar-nespresso-dolce-gusto

Sistema: A minha Dolce Gusto é manual, ou seja, você regula “no olho” o volume de água usado em cada tipo de café. Levei um tempinho para me acostumar, mas quase sempre acerto. Você pode comprar um modelo automático e ela fará esse trabalho por você. A Nespresso é automática e tem duas opções de tamanho do café.

Preço: Encontrei vários sites vendendo a Dolce Gusto e os preços começam em R$ 270. Sempre tem promoção, inclusive do site da marca. No site da Nespresso, o modelo mais barato custa R$ 399.

Cápsulas: Essa, para mim, é a maior vantagem da DG. Você encontra as cápsulas em qualquer supermercado e os preços variam muito. Já compramos por R$ 15 a caixa com 16 unidades, o que dá menos de R$ 1 por café. Ela também tem mais opções de sabores: Nescau, Nestea, Capuccino, café com leite, etc. As cápsulas de Nespresso são vendidas pela internet ou em lojas da marca (aqui em Brasília encontramos no Iguatemi e no ParkShopping). Isso é bem chato, principalmente para quem evita shoppings. A alternativa que encontrei é comprar cápsulas genéricas vendidas em supermercados. Sai mais barato e você pode comprar junto com as compras normais do mês. Masss o sabor não é o mesmo. O ponto alto da Nespresso é a qualidade e variedade dos cafés. Você encontra vários sabores vindos de países diferentes.

Limpeza: As duas ficam bem sujinhas nessa peça onde você coloca a xícara, mas a limpeza é fácil. Lavo com detergente mesmo e dá certo.

Sabor: Com tantos pontos positivos da DG, você não deve estar entendendo por que usamos a Nespresso. A questão é o sabor. O café da DG é bom, mas o da Nespresso é ótimo! Já provamos várias cápsulas e uma é melhor do que a outra. As campeãs lá em casa são a Caramelito, a Rosabaya e a Vanilio.

Conclusão: Se você gosta muito de café e não se importa em ir ao shopping de vez em quando, considere a Nespresso. Se você prefere bebidas diferentes, como chocolate quente e chás, ou quer uma opção mais econômica, fique com a Dolce Gusto.

As duas máquinas são incríveis e muito úteis. Não tomamos café todos os dias, então o gasto é ok. E poder tomar um expresso delícia sem sair de casa é a melhor parte! Espero que essas dicas ajudem você a encontrar o modelo ideal para a sua casa :).

Beijos!

Vídeo: Organização de maquiagem

Oi, gente!

Hoje temos mais um vídeo sobre organização. Guardo a maioria dos meus produtos de maquiagem em uma cesta pequena, mas nem sempre foi assim. O segredo para manter tudo organizado foi definir um limite de espaço. Espero que as dicas sejam úteis!

Beijos!

Cuidados na despensa

Oi, gente!

Minha futura cozinha está quase completa, só falta decidir um detalhe: como vamos guardar farinhas e grãos (arroz, feijão, milho, lentilha)? Sempre que passo por uma loja de utilidades para a casa dou uma olhada nas opções, mas não consigo me decidir. Só sei que quero todos iguais para deixar a despensa bem organizada.

O modelo que mais encontro é o de vidro com tampa de rosca. Dá para guardar de tudo neles e o preço costuma ser ok perto de outros mais “tecnológicos”. Também gosto dos potes de vidro com tampa de pressão, são lindos e práticos. Aprendi com uma amiga que não é legal usar potes com metal para guardar sal, já que oxida o material. Algum outro alimento tem esse tipo de restrição?

Lá em casa temos um problema sério com traças na despensa. Não adianta limpar e fechar bem os potes, elas sempre voltam. Já pensei em fazer o teste com aqueles potes fechados a vácuo, mas são caaaros… Vou fazer uma pesquisa entre as minhas amigas para saber o que funciona com elas. Se você teve uma experiência ruim com algum desses modelos, escreva aqui para mim :). Enquanto eu não decido, fico namorando algumas fotos de despensas organizadas que guardo de inspiração!
52139726697ab049ba0011de._w.1500_s.fit_

 

Pantry-Organization-10

all-three-51

WWL-oxo-pop-containers.jpg.rend.hgtvcom.1280.1280

 

Beijos!

Inspiração: nichos no banheiro

Oi, gente!

Pretendo me mudar sem fazer grandes reformas porque o apartamento está bastante atrasado e não quero perder mais tempo. Vamos fazer a parte de iluminação no gesso (que já existe), trocar a bancada da cozinha e mudar o acabamento da varanda (hoje as paredes têm textura). A dúvida maior está nos banheiros: deixar tudo branquinho ou adicionar um pouco de cor? Fui proibida de opinar no banheiro do marido (hihihih), então vou focar só no meu.

Uma alternativa para o quebra-quebra no banheiro todo é fazer só um nicho diferente no box. Vi modelos em mármore de todas as cores e outros combinados com pastilhas. É uma forma mais simples de dar cor a esse cômodo tão pequeno. Acho o efeito lindo e me parece fácil de limpar e manter em ordem. Vocês acham uma boa ideia?

O armário da pia já está pronto, mistura madeira e branco. Então posso usar basicamente qualquer cor no box que vai ficar bom. Estou tendendo a escolher uma pedra mais neutra ou pastilhas clarinhas, talvez com brilho. Só eu acho muito difícil decidir essas coisas? 🙁

Busquei na minha pasta de inspirações algumas fotos de nichos que gostei bastante. Quero a opinião de vocês para decidir o melhor tipo de nicho (pensando na beleza e na limpeza também).

 

nicho-de-banheiro-box-organização-da-casa

nicho-de-banheiro-box-organização-da-casa

nicho-de-banheiro-box-organização-da-casa

nicho-de-banheiro-box-organização-da-casa

nicho-de-banheiro-box-organização-da-casa

nicho-de-banheiro-box-organização-da-casa

Beijos!