Engraçado como o casamento é um assunto que toma conta de boa parte dos seus pensamentos durante o planejamento. É muito gostoso pesquisar ideias e escolher tudo para o nosso dia. Nesse processo, senti que o perigo é perder o foco e se deixar levar pela animação (dos outros, principalmente). No início, eu tinha muita clareza da festa que gostaria de ter. Aí o tempo vai passando, sua mãe tem mil ideias, e você se perde nas infinitas fotos de decoração do Pinterest.

Esses dias eu estava repassando a lista de músicas da festa e resolvi ligar para o Leo. “Quando a gente decidiu fazer tanta coisa antes de abrir a pista de dança?”. “Não decidimos”. Ou seja, a ideia inicial de simplificar ao máximo o protocolo foi atropelada por nomes de músicas que nem gostamos tanto. Acho importante focar naquilo que faz sentido para nós e nossas famílias. Essa visão de facilitar a vida me ajudou muito na fase noiva. Me deu segurança para tomar decisões sem cair em armadilhas do tipo “todo casamento tem isso”, “na festa da minha prima teve aquilo”.

Assim, eu tô aqui falando e o casamento nem aconteceu. Pode ser que em 10 dias eu me arrependa de tudo e recomende um casamento de princesa para todo mundo. Mas por enquanto eu estou firme na ideia de manter o propósito dessa festa.

Estou muito ansiosa para colocar meu vestido, ver o Leo lindão e abraçar as minhas pessoas preferidas no mundo. Mas estou mesmo de olho é no que vem depois :).

Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *