Categoria: Vida de casada

Triturador de alimentos

Fiz a avaliação de mais um eletrodoméstico lá de casa, e o escolhido da vez foi o triturador de alimentos! Esse equipamento ainda não é tão popular por aqui, mas já pode ser encontrado com facilidade em lojas de rede (Leroy Merlin) e de materiais de construção. Ele faz muita diferença da minha rotina na cozinha e colabora na limpeza da pia.

Uso o modelo 55 da InSinkErator há mais ou menos seis meses e estou super satisfeita! No vídeo conto os pontos positivos e negativos, e mostro o triturador de alimentos em funcionamento para quem tem curiosidade de conhecer 🙂

triturador de alimentos img_6026 img_6028

Beijos!

A história do apartamento

Hoje, com o apartamento mobiliado e organizado, nem parece que demorou tanto para chegarmos aqui. A história do meu apartamento começou em abril de 2012, quando eu tinha acabado de conhecer meu marido e ainda não tinha planos de casamento. Estava juntando dinheiro há um tempo e sonhava em morar sozinha, por isso estava de olho em apartamentos de um quarto.

Recebi a propaganda de um prédio novo no bairro onde eu queria morar e fui lá conhecer. O projeto era maravilhoso, mas o terreno ainda estava intacto. Nem fundação o prédio tinha. Comprei! Parecia que minha vida estava resolvida: em dois anos eu me mudaria e teria a tão sonhada vida “sozinha”. Bom, nada disso aconteceu.

Já reparei que não adianta fazer muitos planos para o futuro. A vida se desenrola de outro jeito, geralmente muito melhor do que o que estava nos meus sonhos. O assunto “casamento” começou a fazer parte das nossas conversas e um dia levei o então namorado para conhecer o prédio.

Ele, sempre muito comunicativo, começou a conversar com um pessoal da obra e descobriu que a construtora tinha uma condomínio com apartamentos maiores. Maiores e mais caros, claro. Morri de medo de assumir uma dívida maior ainda e, para completar, dividir a casa com ele! Fizemos as contas e vimos que seria impossível. Topamos mesmo assim.

Aí começou a espera. Primeiro pela festa de casamento, que veio um ano depois. Voltamos da lua-de-mel e nada do apartamento. PS: as prestações continuaram a vencer todo mês, mesmo sem a entrega das chaves.

Onze meses se passaram até que nós pudéssemos nos mudar, exatamente em 19 de março de 2016. Tenho certeza que essa espera teve um motivo, e um dia saberei qual foi. Enquanto isso, quero curtir a casinha e dividir tudo com vocês! Gravei a TAG Lar doce lar para contar um pouco mais sobre o apartamento, suas qualidades e defeitos.

Ah, vou colocar também a planta baixa do apê para dar uma ideia melhor!

apartamento

apartamento

Beijos!!

Presente Dia dos Namorados

Vale comemorar o Dia dos Namorados depois de casada? Claaaro que vale! Alguns acham que essa é uma data muito comercial, mas vamos combinar que é uma delícia ter um dia mais romântico <3 Quero sugerir para você esquecer um pouco o lado dos presentes caríssimos e pensar em formas diferentes de surpreender o marido/a esposa/namoradx, etc.

Acho super difícil presentear meu marido com “coisas”, tipo roupa, sapato ou perfume. Prefiro fazer um passeio, viagem, algo para sair da rotina mesmo. Como esse vai ser o nosso primeiro dia dos namorados na casinha nova, nada melhor do que comemorar por lá mesmo. Quero inaugurar uma pedra de fondue que ganhamos há um tempo, então vou preparar um jantar legal para nós. Como nem todo mundo gosta de passar o dia na cozinha, quero propor algumas ideias diferentes para o seu Dia dos Namorados.

Contrate um chef

Sugestão perfeita para quem quer um jantar íntimo, mas não tem muitas habilidades na cozinha. Um jantar em casa tem mil vantagens: não tem fila de espera, a comida é feita especialmente para o casal, você pode levar seu vinho predileto e decorar a casa como quiser. Várias empresas oferecem esse serviço e, se bobear, sai mais barato que ir ao restaurante.

Monte sua própria cesta de café

Amo café da manhã e fico super emocionada quando recebo uma cesta cheia de comidinhas gostosas! Mas por que você vai pagar uma fortuna para a loja? Separe uma bandeja ou cesta e compre os itens preferidos dele/dela. Eu colocaria pães salgados e doces, manteiga, geleia, docinhos, biscoitos, suco, chocolates e frutas. Ainda dá para incluir uma xícara nova ou um bule de presente! É o meu presente dia dos namorados preferido <3

presente-dia-dos-namorados

Dia de folga

Quem não gostaria de ganhar um dia totalmente livre de preocupações, só com passeios diferentes ao lado do marido? Planeje um dia com atividades que signifiquem algo para o casal. Pelo menos uma vez por ano vamos ao lugar onde começamos a namorar e sentamos no mesmo banco de praça para lembrar daquela época <3 Faça reservas no restaurante onde foi feito o pedido de casamento, volte ao cinema onde vocês deram o primeiro beijo, ou qualquer lugar que traga lembranças boas. Complete o dia com aqueles passeios que vocês nunca fazem juntos: tomem um chá da tarde fora, visitem os pontos turísticos da cidade, ou peguem a estrada só para comer na lanchonete incrível da cidade vizinha.

Sessão de fotos

O casamento passou e vocês nunca mais tiraram fotos legais juntos? Uma sessão de fotos romântica é sempre muito divertida! Contrate um fotógrafo por duas horinhas, não precisa gastar muito. E não vale ter vergonha, é um momento para vocês curtirem e guardarem ótimas recordações.

presente-dia-dos-namorados

Renove seus votos

Preciso reconhecer que no dia a dia reclamo com o marido muito mais do agradeço. Com o tempo, vamos esquecendo daqueles votos ditos lá atrás, no dia do casamento, e focamos na roupa suja que ficou pelo chão ou na toalha molhada jogada na cama. Aproveite o dia para renovar seus votos e dizer em voz alta os motivos que te fazem querer o marido/esposa sempre por perto. Um dia ainda vou renovar meus votos em uma mini cerimônia na igreja, só com a família. Se isso não for possível agora, crie um momento para vocês dois e renove seus votos. Pode ser um piquenique no quintal, um pôr-do-sol com vinho, uma canga no parque.

Vamos amar, minha gente <3

Beijos!

Validade dos alimentos

A maior parte dos alimentos entra na nossa casa com um aviso bem claro da data de validade. Mas quanto tempo o produto pode ficar na geladeira depois de aberto? E as frutas, hortaliças e vegetais? E grãos comprados a granel na feira? Ainda tenho muitas dúvidas sobre a margem segura de tempo para consumir os alimentos e acabo decidindo se algo vai ou não para o lixo “no olho”.

Pesquisando sobre o assunto, encontrei um site muito prático, o Eat by date. Você escolhe o produto e ele te dá uma tabela da validade em várias situações: no freezer, na geladeira, aberto, ou fechado. Para as menos experientes (como eu!), ele explica ainda como saber se o alimento está bom ou estragado e dá dicas de receita para não desperdiçar aquele restinho de comida.

validade-dos-alimentos

Peguei alguns exemplos das dicas do site para compartilhar com vocês. Lembrando que o site não é brasileiro e não leva em conta as altas temperaturas que enfrentamos por aqui. O calor vai alterar bastante a validade de um alimento mantido fora da geladeira.

Manteiga
2 semanas depois de aberta na geladeira
6 a 9 meses no freezer
Dica: Coloque na geladeira assim que chegar do mercado. Guarde a manteiga em uma prateleira interna em vez da porta do refrigerador pra evitar mudanças de temperatura. A manteiga com sal dura mais!

Banana
2 a 7 dias na fruteira
até 9 dias na geladeira
Dica: A banana escurece de acordo com a temperatura do local, por isso é bom guardar na geladeira caso esteja muito quente. Bananas muito maduras podem ser aproveitadas em receitas ou congeladas para fazer sorvete.

Café em pó
3 meses no armário
1 ano no freezer (fechado)
Dica: A melhor maneira de armazenar café em pó é usando um pote bem fechado no freezer. Lá em casa guardo na geladeira mesmo!

Macarrão
7 dias na geladeira no caso do macarrão já cozido
1 ano no pacote fechado
Dica: O site recomenda que a massa fique guardada na própria embalagem. Depois de cozido, o macarrão pode ser armazenado em um pote fechado. Ao contrário do que muita gente pensa, dá para congelar macarrão pronto! Eles indicam que você coloque a massa na água fria para interromper o cozimento antes de congelar. Nunca tentei, sempre congelei “na louca” mesmo.

 

 

Frango
7 dias na geladeira depois de cozido
6 meses no freezer depois de assado

Selecionei alguns alimentos que costumo ter em casa, mas o Eatbydate.com lista todo tipo de comida. Carnes, grãos, bebidas, industrializados, frutas, legumes, tudo mesmo! O único porém é que ele é todo em inglês… Mas acho que vale a tentativa mesmo para quem não conhece o idioma, já que as tabelas são muito tranquilas de entender.

Espero que a dica ajude a entender melhor a validade dos alimentos 🙂

Beijos!

 

 

Mudamos para a casa nova!

Antes de tudo, preciso pedir desculpas pela ausência por aqui. Eu sou o tipo de pessoa que dedica 100% dos pensamentos a um projeto importante, e foi o que aconteceu com a mudança. Nas duas últimas semanas, fui consumida por mil preocupações e coisas a resolver no apartamento. Infelizmente, o blog ficou de lado nesse tempo. Esse é um defeito que preciso corrigir com o tempo. Mas agora que tudo voltou ao normal, vamos ao que interessa 🙂

No sábado (19 de março), nos mudamos oficialmente para a casa nova. Foram 11 meses de espera desde o casamento (18 de abril de 2015). Muito tempo para dois virginianos viverem em um esquema provisório, sem muita rotina. Lado positivo: desenvolvi minha paciência e aprendi que as coisas acontecem no tempo delas, não no meu.

No início do ano eu decidi que a gente se mudaria dia 19 de março. Foi uma decisão baseada em nada, apenas na vontade de resolver nossa vida. O Leo dizia que eu estava criando expectativas demais, que não daria tempo de pegar as chaves AND fazer as obras nesse tempo, etc. Mas quando eu coloco alguma ideia na cabeça, pode ter certeza que vai dar certo. Ainda mais quando se trata de datas, valores, números em geral. Tipo lei da atração, sabe como é?

casa-nova
Depois de três anos encaixotadas, as xícaras começam a aparecer.

Então fizemos um mutirão com meus pais no sábado de manhã para trazer tudo o que faltava e instalar eletrodomésticos. Meu pai ligou a lava e seca, instalou o filtro e fixou os acessórios de banheiro. Minha mãe limpou toda a geladeira e trouxe mais sacolas lotadas de coisas. Desempacotei alguns copos, pratos, talheres e xícaras.

Os armários da cozinha vão demorar algumas semanas para chegar, então precisei improvisar um esquema de organização só com as bancadas. Peguei uma mesinha emprestada dos meus pais para colocar o micro-ondas (que depois vai ficar em um nicho no armário) e tentei arrumar um espacinho para cada item.

O gás aqui é encanado e os tanques ainda estão vazios. Vai ser um desafio cozinhar sem o fogão, mas estou animada com a experiência. Já tirei das caixas a panela elétrica de pressão, forninho e air fryer. Sábado fiz o primeiro teste com a panela de pressão: um macarrão à bolonhesa! Ele cozinhou mais do que deveria, mas quebrou o galho depois de um dia mega cansativo. A air fryer já é minha queridinha e tenho testado várias receitas. Amanhã vou contar para vocês uma das minhas preferidas! 🙂

Na sala já temos sofá, rack, TV, cadeiras e o pé da mesa (o tampo de vidro chega nos próximos dias). A mesa do escritório está provisoriamente na sala porque ficamos sem espaço no quartinho, que está entupido de tralhas e caixas. Os banheiros estão quase prontos, com armários, espelho, box, e porta-toalhas. O quarto tem o essencial: cama e armário. A TV está na casa da minha sogra e logo virá pra cá. Tudo encaminhado!
Até agora, estou gostando de tudo do apartamento. Estamos em um andar bem alto, então o barulho da piscina e dos carros mal chega aqui. É bem mais fresquinho do que eu imaginava e sempre entra um ventinho. Mesmo tendo vindo aqui dezenas de vezes nesse tempo, só agora pude perceber esses detalhes.

Não foi fácil sair da casa onde passei toda a minha vida, mas é maravilhoso realizar o sonho de começar uma nova família nesse apartamento. Tenho um certo pavor de mudanças de vida e de não saber o que me aguarda, mas tenho fé que essa casa me acompanhará em momentos muito especiais. Vai ser um aprendizado incrível para mim e para o Leo.

Ainda quero dar uma volta para conhecer melhor o comércio da vizinhança. Vou sair bem mais cedo para o trabalho porque o trânsito nesse bairro é pesado. E assim vamos adaptando a rotina e a vida nova 
E vamos voltar com a programação normal do blog porque eu estou morrendo de saudades!

Beijos!

Aspirador de pó Electrolux vale a pena?

Sou uma pessoa traumatizada com aqueles aspiradores de pó gigantescos com mil cabos e peças para encaixar. Eu demorava mais tempo para montar e desmontar aquilo do que para aspirar o quarto. E na hora de limpar o filtro? Tenso! Por isso um dos primeiros itens da lista de casamento era um aspirador de pó silencioso, fácil de usar e limpar.

Vi um modelo “ao vivo” na casa de uma madrinha querida e ela me incentivou a testar. A surpresa veio em seguida: ela e o marido nos deram de presente um Ergorapido da Electrolux (modelo ERG14)! A caixa que chegou lá em casa era muito pequena, nem parece que vai sair um mega aspirador de pó lá de dentro. A montagem é muito simples. Liguei a base na tomada e deixei carregando um pouco antes de usar pela primeira vez.
aspirador-de-pó-electrolux

O aspirador de pó Electrolux é muito silencioso, então pode ser usado a qualquer hora do dia sem arrumar encrenca com os vizinhos. Tá vendo esses quatro pontos brancos no pé dele? São luzes para iluminar a sujeira! Eu nunca tinha pensado nisso, mas é bem útil para ver se sobrou alguma migalha no chão. Gostei da potência desse aspirador de pó Electrolux. Nosso piso é de porcelanato e ele limpa muito bem. Não tenho tapete, então não testei nesse tipo de superfície.

O legal desse modelo de aspirador de pó silencioso é que você pode retirar a peça do meio e ficar com um aspirador de pó portátil para limpar sofá, cama, carro, etc. Uma outra amiga arrumou uma utilidade ótima para essa peça: limpar a cadeira depois das refeições do filho! Como ele não tem fio, é muito tranquilo usar em qualquer parte da casa.

A limpeza também é muito simples. Você desencaixa o filtro e joga a sujeira fora. Eu não sei se pode, mas lavo o filtro com água e detergente e deixo secar. Prefiro fazer isso para evitar que ele fique encardido com tanta poeira. Será que está certo?

O manual recomenda que você deixe a base sempre ligada na tomada. Está escrito que o consumo de energia é baixo, mas eu não tenho como avaliar essa parte. Como eu uso o aspirador de pó vertical em espaços pequenos, a bateria sempre é suficiente.

O aspirador ganhou nota máxima lá em casa! Se você estiver na dúvida de qual modelo escolher, pesquise os modelos Ergorapido. Um deles vai facilitar sua rotina de limpeza :).

faceeee

Beijos!

Multiuso caseiro

Tenho visto muitas receitas de multiuso caseiro e resolvi fazer um teste. Esse é aquele famoso produto que serve para quase tudo: limpa bancadas, pia, objetos de decoração, e até quebra um ganho com espelhos. Encontrei várias receitas diferentes e adaptei do meu jeito. Os ingredientes são muito simples.

multiuso-caseiro

Comprei um borrifador por capacidade para 750ml. Você pode usar alguma embalagem vazia que já tenha em casa, mas eu estava sem nada. Enchi de água até a metade, coloquei uma colher de sopa de bicarbonato de sódio, duas colheres de detergente (usei o caseiro que fiz da outra vez), quatro de vinagre branco e o suco do limão. Acrescentei ainda algumas raspinhas do limão para reforçar o cheiro. Completei com água até encher o borrifador.

Testei em lugares diferentes para ver o resultado. Até agora, deu certo em: pia do banheiro, espelho, superfície de MDF, porcelana e pia da cozinha. Mal dá para perceber o cheiro do vinagre, ele some rapidinho. Na próxima vou tentar usar algum óleo com essência para ver se o multiuso vai deixar as coisas perfumadas.

Encontrei gente que usa mais vinagre, não coloca o detergente ou usa ingredientes especiais para produtos de limpeza. Você pode adaptar as quantidades até chegar na receita que mais te agrade. Essa está funcionando bem para mim! Espero que dê certo na casa de vocês.

PS: Já li que o multiuso caseiro é bom para evitar alergias em gatos e cachorros, porque eles vivem em contato com o chão e outros locais que costumam receber produtos fortes.

Beijos!

Organizando a ida ao supermercado

Oi, gente!

As minhas primeiras lembranças de supermercado são de quando meus pais me obrigavam a acordar cedo no sábado para ajudar com as compras. Ficávamos horas enchendo o carrinho e mais horas para embalar e desembalar tudo. Anos depois, vejo que a ida ao mercado não precisa ser (sempre) um tormento. Com o tempo elaborei algumas táticas para organizar as compras e hoje economizo um bom tempo. Quando bater aqueeela preguiça de ir ao mercado, tente seguir essas dicas! Acredito que elas também vão te ajudar :).

1- Planeje a lista de acordo com a sua semana/quinzena/mês. Antes de sair de casa, tente visualizar o que você pretende consumir nos próximos dias. Se você quiser fazer uma receita específica, inclua os ingredientes na sua lista. O ideal é ter uma previsão de cardápio da casa e fazer a lista com base nela. Isso ajuda a não comprar mais do que você e sua família vão consumir. Também evita que você precise sair correndo no meio da receita para comprar o ingrediente que faltou.

2- Organize a lista. Tente separar os produtos por categorias, não deixe tudo misturado. Eu faço a lista no bloco de notas do celular, mas no papel é a mesma coisa. Separe por produtos de limpeza, congelados, frios, feira, etc. Exige um pouco de atenção no início, mas depois fica automático.

3- Vá sozinha (o). Se as suas companhias de supermercado atrapalham mais do que ajudam, deixe todo mundo em casa. No meu caso, o marido perde o foco nos corredores de chocolate/doritos/biscoitos. Além de atrasar as compras, sai muito mais caro.

4- Siga uma ordem. A que você preferir, mas eu recomendo o clássico: começar com as bebidas e grãos (pesados) e ir até a feira e os congelados (mais leves ou frágeis). Eu passo por todos os corredores, mesmo que algum deles não tenha nada da minha lista. Foi a maneira que encontrei de não esquecer nada nem dar muitas voltas. Sempre encontro algo que esqueci de incluir na lista. Lembrando que isso só funciona se você não sair colocando todas as bobagens que encontrar pela frente no carrinho, certo?

5- Abandone as sacolas plásticas. Não só pelo bem do meio ambiente, mas pela organização das suas compras! Imagine fazer compras sem colocar tudo nas sacolinhas e ter que desembalar em casa. É uma bela economia de tempo e paciência. Eu uso ecobags, mas estou sonhando com um carrinho de feira. As duas opções são muito práticas e resistentes. É só distribuir os alimentos mais pesados no fundo e organizar o restante. Depois coloco no carro, uma ao lado da outra. Juro que é bem mais rápido que usar as sacolinhas. No dia seguinte às compras devolvo as bolsas para o porta-malas e pronto. A próxima etapa da minha vida é chegar no Carrefour arrasando com um carrinho maravilhoso, tipo esse de oncinha da foto:

mercado

Também estou de olho nessa sacola maior, que encaixa no carrinho do mercado! Esse modelo é da Natura e aguenta até 15kg. Encontrei por R$ 53,60 no site. Muito prático!

Me contem nos comentários as dicas de vocês para agilizar as compras!

Beijos!

Cafeteiras: Dolce Gusto ou Nespresso?

Oi, gente!

Muito antes de casar e planejar a casa nova eu já estava de olho em uma cafeteira. Sou do time que trocou os tradicionais modelos elétricos pelos que usam cápsulas e não me arrependo. Gosto de café passado, mas o expresso me ganhou. A cápsula ainda tem a vantagem de vir na porção ideal para uma pessoa. É chato fazer uma garrafa inteira de café para tomar sozinha, né?

Lá em casa o costume é fazer “chafé”: muita água e pouco pó, o que nunca me convenceu. Ficava seca por um café de verdade e vivia em cafeterias. Há uns dois anos comecei a pesquisar modelos de cafeteiras e fiquei na dúvida entre a Dolce Gusto e a Nespresso. Pensei muuuuito e comprei a Dolce Gusto. Já estava super acostumada com ela, até que no casamento ganhamos uma Nespresso. Conheci a máquina melhor e, adivinha? Amei! Agora as duas ficam juntinhas e são usadas sempre.

Resolvi fazer uma comparação entre as duas para ajudar quem está na dúvida de qual cafeteira comprar. Os modelos comparados são: Dolce Gusto Piccolo e Nespresso Pixie.

qual-cafeteira-comprar-nespresso-dolce-gusto

Sistema: A minha Dolce Gusto é manual, ou seja, você regula “no olho” o volume de água usado em cada tipo de café. Levei um tempinho para me acostumar, mas quase sempre acerto. Você pode comprar um modelo automático e ela fará esse trabalho por você. A Nespresso é automática e tem duas opções de tamanho do café.

Preço: Encontrei vários sites vendendo a Dolce Gusto e os preços começam em R$ 270. Sempre tem promoção, inclusive do site da marca. No site da Nespresso, o modelo mais barato custa R$ 399.

Cápsulas: Essa, para mim, é a maior vantagem da DG. Você encontra as cápsulas em qualquer supermercado e os preços variam muito. Já compramos por R$ 15 a caixa com 16 unidades, o que dá menos de R$ 1 por café. Ela também tem mais opções de sabores: Nescau, Nestea, Capuccino, café com leite, etc. As cápsulas de Nespresso são vendidas pela internet ou em lojas da marca (aqui em Brasília encontramos no Iguatemi e no ParkShopping). Isso é bem chato, principalmente para quem evita shoppings. A alternativa que encontrei é comprar cápsulas genéricas vendidas em supermercados. Sai mais barato e você pode comprar junto com as compras normais do mês. Masss o sabor não é o mesmo. O ponto alto da Nespresso é a qualidade e variedade dos cafés. Você encontra vários sabores vindos de países diferentes.

Limpeza: As duas ficam bem sujinhas nessa peça onde você coloca a xícara, mas a limpeza é fácil. Lavo com detergente mesmo e dá certo.

Sabor: Com tantos pontos positivos da DG, você não deve estar entendendo por que usamos a Nespresso. A questão é o sabor. O café da DG é bom, mas o da Nespresso é ótimo! Já provamos várias cápsulas e uma é melhor do que a outra. As campeãs lá em casa são a Caramelito, a Rosabaya e a Vanilio.

Conclusão: Se você gosta muito de café e não se importa em ir ao shopping de vez em quando, considere a Nespresso. Se você prefere bebidas diferentes, como chocolate quente e chás, ou quer uma opção mais econômica, fique com a Dolce Gusto.

As duas máquinas são incríveis e muito úteis. Não tomamos café todos os dias, então o gasto é ok. E poder tomar um expresso delícia sem sair de casa é a melhor parte! Espero que essas dicas ajudem você a encontrar o modelo ideal para a sua casa :).

Beijos!